Tag

Dia do pai

Browsing

O Dia dos Pais celebra-se em Portugal a 19 de Março e é uma data comemorativa que homenageia anualmente a figura familiar paterna.

Hoje vamos assinalar a data com uma receitinha a preceito Bifana no caco para o pai.

*Uma hora antes tempere as bifanas com sal, pimenta, louro, alhos laminados, azeite e vinho branco.

A receita que partilhamos em seguida é para 4 pessoas afinal o pai não vai comer sozinho 🙂

Receita de bifana no caco para o pai

 Ingredientes para 4 pessoas:

4 bifanas finas e boas.

4 pães bolo do caco.

1 colher de sopa de, azeite.

1 colher de sopa de, banha.

1 colher de chá de óleo.

6 dentes de alho, laminados.

2 folhas de louro.

1 malagueta.

Sal e pimenta, moída na altura.

1 colher de chá de, pimentão doce.

1 colher de chá de, polpa de tomate.

1 copo de cerveja preta.

Meio copo de whisky.

1 colher de chá de, molho inglês.

Meio cubo de caldo de carne.

Mostarda q.b 

As bifanas no caco

Numa frigideira grande, coloque a banha, azeite e óleo.

Leve ao lume, em lume brando. Junte os alhos as folhas de louro, o pimentão e a polpa de tomate. Cozinhe uns instantes em lume brando, mexendo sempre. Junte todos os outros ingredientes, menos as bifanas e a mostarda. Aumente um pouco o lume até ferver.

Depois de ferver, volte a baixar um pouco o lume.

Coloque as bifanas la dentro. Cozinham lentamente, durante um quarto de hora até estarem suculentas e tenras.

Quando estiverem quase prontas, junte uma colher de chá de manteiga ao molho (eu uso margarina, daquelas que sabem a manteiga). Abra os pães bolo do caco, rechei-o cada um com uma bifana regada de molho e ponha mostarda por cima.  

Acompanhe com batatas fritas e uma bebida da preferência do pai.

Sirva com um grande sorriso, bom apetite!

Outras receitas para o dia do pai:

Menu para o pai

Vamos fazer um docinho para o pai

Refeição para o pai

Menu para o pai: 

Doces:

Mais sobremesas aqui

Receita de bolachinhas de gengibre e mel

Ingredientes para cerca de 24 bolachinhas:

  • 450 g de farinha.
  • 150 g de açúcar amarelo.
  • 1 colher de chá mal cheia de gengibre em pó.
  • 180 g de manteiga cortada em pedaços.
  • 2 colheres de chá de bicarbonato de sódio.
  • 1 colher de sopa de canela em pó.
  • 6 colheres de sopa de mel.
  • 2 colheres de sopa de água.
  • 1 pitada de sal.

Ligue o forno a 180º para ir aquecendo, forre um tabuleiro próprio para ir ao forno com papel vegetal untado com margarina. Numa panela média coloque o açúcar, o mel, o gengibre, a canela, sal e a água. Leve ao lume mexendo sempre.

Apague o lume e junte a manteiga mexa até a manteiga se dissolver completamente. Junte a farinha peneirada e mexa até obter uma massa uniforme. Deixe descansar uma hora à temperatura ambiente. Depois numa bancada polvilhada com farinha estique a massa com o rolo da massa a massa fica mais ou menos com meio centímetro de altura.

Use formas de corte de bolachas para fazer as bolachinhas. Disponha as bolachinhas cruas no tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno 11 minutos. Depois deixe arrefecerem bem e guarde em caixinhas fechadas. Aqui coloquei algumas dentro de um saquinho e decorei para oferecer no dia do pai.

Sirva com um sorriso, bom apetite!

Receita de molotof que sai sempre bem

Receita de molotof divinal

Quando o molotof está no forno, não abra a porta do forno para espreitar.

Depois de estar cozido, não abra a porta do forno, desligue o forno depois de cozido, mas não abra a porta. O molotof de tem de estar bem cozido antes de desligar o forno senão baixa.

Ingredientes para o molotof:

  • 12 claras.
  • 12 colheres de açúcar.
  • Caramelo líquido da Royal.
  • Umas gotinhas de aroma de baunilha.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Bata as claras em castelo, depois junte os restantes ingredientes e bata novamente. Unte uma forma grande das que tem buraco no meio, com caramelo líquido. Verta a mistura na forma caramelizada. Coloque um tabuleiro no forno com água. Coloque a forma dentro desse tabuleiro. Leve ao forno em banho-maria durante 20 a 25 minutos. Passado este tempo, desligue o forno e não o abra, não mexa nunca na porta do forno para ver se está bonito, esqueça-se do molotof la dentro durante umas horas com o forno desligado, desta forma não terá a surpresa desagradável do molotof baixar. Passado essas horas, coloque o molotof no frigorífico dentro da forma e desenforme só no dia a seguir.

Se quiser fazer doce de ovos para aproveitar as gemas e regar os eu molotof com esta doce receita já a seguir…

Ingredientes para o doce de ovos:

  • 12 gemas.
  • 2 chávenas e meia de leite.
  • 300 g de açúcar.
  • Umas gotinhas de aroma de baunilha.

Coloque estes ingredientes tudo numa panela, bata com a batedeira. Depois de bater. Leve a mistura ao lume, mexendo sempre até engrossar. Regue o seu pudim com este doce de ovos delicioso!

Nota importante: Caso queira reservar as gemas e fazer este doce no dia seguinte, cubra as gemas com o leite e guarde no frigorifico e no dia seguinte basta juntar o açúcar a baunilha e levar ao lume.

Sirva com um grande sorriso, bom apetite!

Outras receitas de pudins que poderá gostar:

Pudim mármore fácil

Pudim de lichias

Pudim de cerejas

Espero que faça este pudim de molotof delicioso e experimente também os outros, um abraço e bons cozinhados!

Receita de ovos verdes

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 12 ovos.
  • 1 colher de sopa de salsa fresca, picada.
  • 2 colheres de sopa de manteiga derretida (usei creme de barrar com sabor a manteiga)
  • Sal e pimenta.
  • Picante a gosto.
  • 1 colher de café de massa de alho (alho triturado, reduzido a puré)

Preparação:

Coza os ovos. Depois da água ferver, cozem em cerca de 9 minutos.

Coloque os ovos ainda com casca, numa tigela de água para arrefecerem bem. Depois de frios, descasque-os com cuidado.

Corte-os ao meio na vertical.

Com cuidado, use uma colher de café para empurrar a gema para um prato de sopa, faça isso a todas as gemas. Tempere as gemas com sal e pimenta. Adicione às gemas a salsa, a massa de alho e o picante. Com um garfo esmague e misture tudo. Recheie os ovos com esta mistura. preenchendo os sítios onde estavam as gemas.

Passe os ovos com cuidado por farinha, depois por 2 ovos batidos e depois por pão ralado com ervas finas (pode juntar salsa  picadinha ao pão ralado)

Frite os ovos em óleo de ambos os lados, tendo cuidado para não os desmanchar e cuidado para não se queimar, quando fritamos todo o cuidado é pouco, nada de crianças na cozinha.

Depois dos ovos fritos, colocam-se numa travessa com papel absorvente para secarem do óleo. 

Sirva com um sorriso, bom apetite!