Piza imperial

Hoje há piza…

Ingredientes para a massa:

  • 1 caneca e meia de farinha. 
  • 150 ml de leite morno.
  • 1 colher de chá de fermento em pó.
  • 1 colher de café com sal grosso.
  • 2 colheres de sopa de azeite.

Coloque todos os ingredientes numa taça e bata-os com a batedeira, use a peça própria para amassar.

Caso não tenha batedeira, use uma bancada da cozinha limpa, enfarinhada faça um monte com a farinha e um buraco no centro, deite o leite no centro, o fermento e os outros ingredientes e amasse com as mãos até obter uma massa que não se agarre nas mãos.

Quando a massa estiver neste ponto, estique-a com um rolo de massa e de-lhe o formato rectangular, reserve, tapada, enquanto fazemos o recheio.

Cobertura da piza:

  • Molho de tomate. (refogar em azeite 1 dente de alho, meia cebola picada, 200 ml polpa de tomate, 1 colher de sopa de açúcar, manjericão, sal e oregãos)
  • Queijo flamenco ralado.
  • Pimenta preta moída na altura
  • Orégãos em folha.
  • Cogumelos brancos frescos.
  • Tomatinhos cereja a gosto.

Com a ajuda do cortador Borner  V5 fatie os cogumelos brancos.

Cubra a massa com molho de tomate. Por cima coloque o queijo flamengo. Por cima coloque os cogumelos e os tomatinhos cereja. Tempere com a pimenta.

Polvilhe com os orégãos e leve ao forno, regue com um fio de azeite, leve ao forno na parte alta a 180º cerca de 12 minutos, ate cozer e dourar nas beiras, vá vigiando pois o tempo certo, poderá variar.

Depois da piza pronta, retire-a do forno e deixe arrefecer um pouco antes de começar a comer.

Sirva com um grande sorriso, bom apetite!