Category

Conventual

Category

Doçaria conventual foram confeccionados nos conventos, caracterizados por levarem quantidades de açúcar e de gemas de ovos. As origens da doçaria conventual em Portugal terá origem no século XV adorados até aos dias de hoje conheça algumas receitas.

Castanhas de ovos

Castanhas de ovos

Castanhas de ovos. São pequenas delícias, feitas com gemas e com calda de açúcar. Estas levam amêndoa e não necessitam de ir ao forno, muito semelhantes aos ovos moles que tanto gostámos, não perdemos esta delícia por nada, vamos espreitar?

Receita de castanhas de ovos

Ingredientes:

Esta receita dá para 10 unidades.

9 gemas.

250 g de açúcar.

80 ml de água.

150 g de farinha de amêndoa (miolo de amêndoa sem pele triturada finamente)

Preparação:

Num tachinho coloque a água com o açúcar e leve ao lume mexendo sempre até formar o ponto pérola.

(ponto pérola: quando com a ajuda de uma colher deixas escorrer um pouco da calda de açúcar e da extremidade corre um fio mais grosso e forma-se uma bola na extremidade do fio que escorre da colher.)

Junte a farinha de amêndoa na calda e envolva.

Bata as gemas e verta-as na calda, mexendo sempre sem parar. Nas receitas tradicionais as gemas são colocadas na calda com a ajuda de um passador. Não fiz isso, apenas adicionei as gemas e triturei a mistura com a varinha mágica e coloquei de novo ao lume até engrossar.

Leve a mistura ao lume, mexendo sempre até engrossar bastante.

Retire do lume e deixe arrefecer. reserve no frigorífico até ficar bem frio.

Depois de frio, molhe as mãos. Molde bolinhas passe-as por açúcar branco e coloque-as em forminhas de papel.

Delicie-se com o resultado!

Trouxas da Malveira

Trouxas da malveira

Adoro as trouxas da Malveira muitas vezes vou  de propósito a Malveira só com o intuito de comer uma trouxa.

Gosto tanto delas que resolvi recriar as trouxas aqui em casa, mas seguindo uma receita fiel e antiga das mesmas, cujo recheio é de baunilha e amêndoa.

Experimentem são fofas e deliciosas!

Ingredientes para 8 Trouxas da Malveira  (caso queira fazer mais quantidade dobre a receita)

  • 8 claras batidas em castelo.
  • 8 gemas.
  • 320 g de farinha.
  • 480 g de açúcar.

Bata as gemas com o açúcar. Adicione a farinha e bata bem até obter uma mistura amarela e uniforme.

Envolva as claras em castelo na mistura anterior.

Forre um tabuleiro do forno com papel vegetal, unte o papel vegetal com margarina.

Verta a mistura no tabuleiro e leve ao forno a 180º até cozer, vá vigiando pois coze rápido.

Entretanto vamos fazer o recheio rapidamente…

Recheio:

  • 300 g  de farinha de amêndoa. 
  • 350 g açúcar
  • 250 ml de leite
  • 1 colher de sopa de essência de baunilha, se tiver vagem de baunilha melhor ainda.

Coloque todos os ingredientes ao lume e vá mexendo assim que o creme engrossar está pronto, reserve.

Coloque um pano limpo em cima de uma mesa, polvilhe esse pano com açúcar granulado.

Desenforme o bolo que cozeu no tabuleiro para cima desse pano onde polvilhou o açúcar.

Barre o bolo com o creme de recheio anterior. Apare as pontas do bolo. Divida o bolo ao meio e em seguida em 4 partes iguais na horizontal de forma a ficar com 8 porções iguais.

Com a ajuda do pano enrole cada porção que dividiu sobre si mesma para formar as trouxas. 

Coloque as trouxas terminadas num prato. Polvilhe com mais açúcar granulado.

E agora… Sirva com um grande sorriso! Bom apetite! Tão mas tão boas…

Queijadas de Évora

Queijadas de Évora. Estas queijadas são um doce conventual alentejano com uma capinha de massa fina e um recheio cremoso e divinal.

Ingredientes para fazer 14 unidades

Ingredientes para a massa:

300 g de farinha

30 g de açúcar em pó.

90 g de margarina.

1 ovo.

Preparação:

Numa tigela coloque o açúcar em pó a farinha e a margarina. Bata até obter uma mistura uniforme. Adicione o ovo e bata novamente.

Amasse uns instantes a mistura caso seja necessário polvilhe a mistura com farinha depois reserve.

Vamos fazer o recheio enquanto a massa descansa...

Recheio ingredientes:

400 g de açúcar.

400 g de requeijão.

100 g de farinha.

1 colher de café de fermento em pó.

10 gemas.

1 colher de chá de canela em pó.

200 ml de água.

Preparação:

Num tachinho coloque a água e o açúcar e leve ao lume até formar uma calda, depois apague o lume e deixe a calda arrefecer.

Desfaça o requeijão e junte-lhe as gemas, a farinha e a manteiga derretida. Bata muito bem. Junte a calda de açúcar batendo sempre.

Leve esta mistura ao lume mexendo sempre até ficar espessa.

Unte forminhas de aluminio com margarina e polvilhe-as com farinha.

Estenda a massa que fez há pouco, corte círculos e forre as forminhas com a massa aparando a massa nas beiras da forma.

Verta o preparado para o recheio nas formas e leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 20 minutos, o tempo pode variar, esteja atento apartir dos 15 minutos.

Depois do forno desligado, deixe as queijadinhas descansarem no forno uns instantes, antes de as retirar, para que não baixem.

Desenforme com cuidado. Polvilhe com açúcar em pó.

Sirva com um grande sorriso! Bom apetite.

Tecolameco

Tecolameco

Ingredientes:

12 gemas de ovos (se forem ovos caseiros melhor)

500 g de açúcar.

1 pau de canela.

300 ml de água.

4 colheres de sopa de manteiga.

250 g de farinha de amêndoa (caso não tenha pode usar miolo de amêndoa e ralar num processador de alimentos)

Numa panela média coloque a água, o açúcar e o pau de canela e leve ao lume até ferver.

Adicione a farinha de amêndoa e a manteiga e cozinhe uns minutos, mexendo sempre, depois retire o pau de canela já não vamos precisar dele.

Retire a panela do lume, deixe arrefecer um pouco.

Bata as gemas misturando-as e adicione as gemas na panela anterior mexendo sempre, leve ao lume a mistura mexendo sempre até começar a engrossar.

Unte uma forma de tarte, daquelas com fundo amovível com margarina.

Verta a mistura na forma e leve ao forno forno pré aquecido a 180º durante cerca de 25 a 30 minutos, convém vigiar.

Este Tecolameco é uma delicia boa!

Brisas do Lis

Brisas do lis

Só de olhar para esta fotografia fiquei novamente com vontade de comer mais uma brisa! Textura deliciosa cor viva acabamento brilhante, doce fresco delicado tão bom!

Receita das Brisas do Lis

Ingredientes para 12 unidades:

380 g de açúcar.

2 colheres de sopa de manteiga derretida.

6 vos inteiros.

2 gemas.

200 g de farinha de amêndoa (pode usar miolo de amêndoa laminada e triturar até ficar em farinha)

Preparação:

Unte 12 forminhas de alumínio com manteiga e polvilhe com açúcar, reserve.

Pré-aqueça o forno a 180º

Bata o açúcar com a manteiga.

Adicione os ovos e gemas um a um batendo sempre. Termine, adicionando a farinha de amêndoa e bata novamente.

Distribua esta mistura pelas forminhas enchendo cada forminha mesmo até acima.

Coloque alguma água no fundo de um tabuleiro (tabuleiro próprio para ir ao forno) coloque cerca de 1 cm de água e ponha as forminhas no tabuleiro, vamos colocar no forno assim para que cozam em banho maria.

Vão ao forno a 180º cerca de 15 a 20 minutos, convém vigiar pois o tempo pode variar, espete um palito para ver quando as Brisas de liz estão cozidas.

Depois de prontas, deixe arrefecer, desenforme com a ajuda de uma faca sem bico. Reserve as brisas do lis no frigorífico ate a altura de servir.

Toucinho do céu

Ingredientes:

100 ml de água.

500 g de açúcar.

200 g de farinha de amêndoa*

12 gemas.

1 colher de sopa rasa com farinha .

1 colher de chá de fermento em pó.

2 colheres de sopa de manteiga.

1 colher de café  de canela em pó.

Leve ao lume o açúcar juntamente com a água mexendo sempre, até ficar no ponto de pérola.
Depois retire do lume e deixe arrefecer. 

Junte a farinha de amêndoa à mistura, reserve

*(caso não encontre farinha de amêndoa compre amendoas laminadas e triture num processador de alimentos)

Noutro recipiente bata as gemas com a canela  com a farinha,o fermento e a manteiga, junte tudo à mistura anterior que reservou. (calda de açúcar e farinha de amendoa)


Unte uma forma redonda daquela com fundo amovível com a manteiga e polvilhe farinha e leve ao forno a 180º até ficar cozido.

Faça o teste do palito, espete um palito no bolo se ao retirar este não trouxer bolo agarrado é porque já está cozido, podendo por isso retirar o Toucinho do céu do forno.


No final desenforme o Toucinho do Céu e decore com açúcar em pó . Reserve no frigorífico até servir.

Tarte de claras

Tarte de claras

Ingredientes:

12 claras.

2 chávenas de açúcar.

1 chávena de coco ralado.

1 chávena de farinha.

Raspa de 1 limão.

Bata as claras em castelo bem firme. Adicione os restantes ingredientes e vá batendo nos intervalos de adicionar os ingredientes.

Unte uma forma redonda, daquelas com fundo amovível, unte com margarina.

Pre aqueça o forno a 180º.

Verta a mistura para dentro da forma e leve ao forno cerca de 20 a 25 minutos a 180º vigiando sempre.

Faça o teste do palito, para ver quando a tarte fica cozida, espete o palito na tarte, se o palito não trouxer bolo agarrado é porque a tarte está cozida.

Costumo colocar a forma com a tarte mais ou menos a meio do forno e por cima coloco aquele tabuleiro do forno aquele de riscas aquele tabuleiro tipo grelha do forno coloco por cima com papel vegetal humedecido faço isto para que a tarte coza bem por dentro e não fique muito escura por cima.

Depois da tarte de claras estar cozida, deixe arrefecer uns minutinhos dentro do forno. Depois, desenforme com cuidado e corte a sua tarte de claras em fatias.

Polvilhe com açúcar em pó e prove!

Pastéis de nata

Ingredientes:

  • 1 Pacote de massa folhada de compra.
  • 1 Pacote de natas (2 dl)
  • 0,5 dl de leite.
  • 6 Gemas.
  • 1 Colher de chá de farinha maisena.
  • 100 g de açúcar
  • Açúcar em pó e canela.

Estenda a massa folhada com a ajuda do rolo. Unte as forminhas com manteiga e farinha e forre-as com a massa folhada, espalhe a massa com os dedos. Agora faça  o recheio. Junte as natas com o leite as gemas, a farinha e o açúcar bata tudo e leve a lume brando sem parar de mexer até ferver. Desligue o lume, deixe arrefecer e deite o creme nas forminhas. Vai ao forno cozer a 250º durante 15 minutos.

Sirva os pasteis mornos polvilhe com açúcar em pó e canela.

Pão de ló de alfeizeirão

Se conseguir arranjar ovos caseiros, melhor ainda 🙂

Ingredientes:

  • 320g de açúcar peneirado.
  • 5 ovos inteiros à temperatura ambiente.
  • 8 gemas à temperatura ambiente.
  • 180g de farinha de trigo, peneirada.

Unte uma forma redonda com margarina, forre-a cuidadosamente com papel vegetal, de forma a que o papel vegetal fique mais alto que a forma cerca de 4 cm. Unte o papel vegetal bem untado com manteiga, reserve.

Bata os ovos com as gemas numa velocidade bem alta, até obter uma mistura volumosa, amarelo clarinha. Adicione o açúcar as colheradas, uma colher de cada vez, batendo ao mesmo tempo para que a mistura não perca leveza nem volume. Faça o mesmo com a farinha. Depois verta  a mistura na forma e leve ao forno a 180ª durante 10 a 15 minutos convém vigiar depende dos fornos, não se pode confiar nos fornos. Fica no forno até as beiras do bolo estarem cozidas, porque o que se pretende é que esteja cozido nas beiras mas no centro fique bastante húmido para verter o creme quando se corta uma fatia.

Desenforme com cuidado. Sirva com um grande sorriso, bom apetite!

Outras receitas que poderá gostar:

Sugar rolling

Pastéis de nata de chocolate

Bolo de nozes