Chega-se a casa do trabalho, jantamos. O comando, é previamente colocado ao lado do prato. Liga-se a televisão: noticias, normalmente o que se passa é algo entre a crise, os conflitos nos sitios do costume e o futebol, as mesmas da hora do almoço, muitas vezes as mesmas, do dia anterior. Sentamos-nos no sofá.

-Ai!  suspiro de descanso da guerreira.

Comando na mão. Canal 1 …concurso. Canal 2 boooooring zzzz, canal 3, telenovela, normalmente com nomes do tipo: Chuva na pedra, Rosa do mar, Chove mas não molha. Costumam começar por ter logo 5 ou 6 actores conhecidos, alinhados, parece um artigo promocional de folheto, leva 6 e só paga 5… enfim! Carregamos no nº 4, temos que nos certificar que mudámos mesmo de canal, porque o contexto é muito semelhante. Filmes? nada! só começam lá para as quinhentas, quando 90% dos mortais já dorme profundamente. Os outros 10%, os corajosos, conseguem ver 10 minutos de filme, depois, começa a publicidade e dura  e dura dá tempo para ir ao wc, voltar, ir buscar bolachas, voltar, ir beber água, voltar e adivinhem? ainda está a dar anúncios! Mudamos de canal, não é que combinaram todos ao mesmo tempo? Passado 15 minutos, ja estamos de barriga cheia e nada de filme, aí sim os outros 10% de nós desistem, o melhor é mesmo ler um livro.

Ainda dizem que a televisão não incentiva à leitura.

Graças a televisão farto-me de ler. 

 

   

Crónicas da Ana

.